skip to Main Content

Promoções ajudam comércio a atrair clientes e realizar boas vendas

Estratégia é alternativa para os lojistas no período, mas deve ser bem planejada – motivo pelo qual a CDL-BG repassa orientações aos comerciantes

Quem circula pelas ruas de Bento Gonçalves encontra, em diversos estabelecimentos, sinalizações de promoções e liquidações convidativas – reflexo da movimentação dos lojistas para zerar estoques e incrementar o fluxo dos negócios em um mês desprovido de datas comemorativas que incitem o consumo. A estratégia traz possibilidades atrativas ao consumidor, que pode encontrar itens com descontos interessantes, e ajuda o comércio a aumentar o faturamento – desde que bem planejada e executada.

O primeiro passo para o lojista é avaliar a finalidade concreta da promoção a ser colocada em prática, identificando, por exemplo, quais são os principais gargalos nas vendas. Essa organização, ideal ao longo de todo o ano, também permite definir alguns critérios para escolher as peças que serão colocados em destaque, como o tempo em que uma determinada mercadoria demora para girar no estoque. No caso de artigos que realmente estão parados, a alternativa pode ser optar por uma tática mais “agressiva”, oferecendo abatimento maior no preço.

Uma promoção ou liquidação não pode somente entrar em vigor porque os concorrentes estão fazendo. Em cada negócio, nos mais diferentes ramos do comércio, a viabilidade e o impacto financeiro desta iniciativa devem ser analisados individualmente, para não comprometer o caixa. “Esse é um segmento bastante diversificado, motivo pelo qual cada loja precisa pensar de forma específica na realidade que está enfrentando. Algumas buscarão fidelizar a clientela, enquanto outras tentarão conquistar novos públicos, aproveitando a ocasião para renovar seus estoques. De forma geral, todas podem aproveitar a oportunidade de abrir 2017 com o foco em inovar para conquistar bons negócios”, destaca o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL-BG), Marcos Carbone.

Equipes treinadas e pontos de venda organizados

Outro aspecto crucial a ser observado é o atendimento, que, em hipótese alguma, pode perder em excelência, mesmo quando ocorrer um considerável aumento na demanda. Uma acolhida desastrosa ao cliente, no momento em que a principal intenção é cativá-lo, pode resultar em prejuízo permanente. As equipes devem estar preparadas, motivadas e, se necessário, com reforço no quadro de funcionários – as contratações temporárias são uma excelente opção para suprir essa exigência. “A qualificação no atendimento é uma premissa que defendemos ao longo de todo o ano, com a grande oferta de cursos e atividades aos nossos associados. Com certeza, isso faz toda a diferença para quem tem uma visão empreendedora e deseja sair na frente”, acrescenta Carbone.

O ambiente da promoção também deve ter uma organização diferenciada, que coloque em evidência os produtos desejados. A exposição deve privilegiar, sempre que possível, uma identidade visual que chame a atenção, como a utilização de etiquetas maiores e com cores vivas. As regras para os benefícios concedidos, por sua vez, devem estar bastante claras, para evitar constrangimentos e transtornos.

Proximidade ao cliente

De nada vale o planejamento de uma bela campanha se a divulgação não corresponder aos objetivos de vendas. Vale pensar nos meios tradicionais de propaganda – como jornais, rádio e televisão – mas também considerar novos canais, como redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas. Principalmente quando combinadas, essas ferramentas desempenham papel fundamental na difusão destas informações. O caso dos canais digitais permite conhecer mais sobre os gostos dos compradores e, no futuro, por meio de um cadastro, direcionar indicações e convites pessoais para que eles visitem a loja e conheçam artigos que se encaixam nos seus estilos de vida.

Inovar é o caminho

Por fim, uma dica importante para os lojistas é que, mesmo no caso de promoções que tenham tido o sucesso esperado – ou até um resultado positivo ainda mais surpreendente –, não é recomendado repeti-la em um breve intervalo de tempo, pois a ação pode acabar justamente perdendo o diferencial de ser um momento especial, e não permanente. Isso não impede, porém, que os empresários utilizem outras técnicas promocionais, aliada à constante rotatividade dos itens oferecidos.

Back To Top