skip to Main Content
Lojas Como A Plus.com Investem Nas Vendas Online Como Alternativa Para O Dia Dos Pais (2)

Comércio de Bento Gonçalves cria alternativas para vender no Dia dos Pais

Data celebrada no próximo domingo (09) deve movimentar quase R$ 18 bilhões na economia brasileira, segundo a CNDL

O cenário de retomada econômica no comércio passa, de forma especial, por momentos-chave do segundo semestre do ano – como o Dia dos Pais. Isso porque a data representa um importante marco para o varejo – que aproveita para divulgar promoções e novos produtos. Em 2020, o Dia dos Pais deve movimentar quase R$ 18 bilhões na economia brasileira, de acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com a Offer Wise.

O reflexo dessa representatividade pode ser percebido também em Bento Gonçalves. O comércio do município entra na semana que costuma ser mais movimentada por anteceder a data com o espírito renovado: a região da Serra Gaúcha volta a ser classificada na bandeira laranja no Modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado, permitindo que as lojas permaneçam de portas abertas, com as devidas restrições necessárias – conquista do esforço de entidades representativas do setor em tentar reverter o quadro, como a Câmara de Dirigentes Lojistas.

“O retorno à bandeira laranja às vésperas do Dia dos Pais é um alívio para o comércio local, que tem sofrido com as restrições mais severas. Dessa forma, os estabelecimentos podem organizar suas vendas de maneira mais assertiva e consistente, e os consumidores têm a oportunidade de buscar boas oportunidades de compra no variado mix de produtos presente no comércio bento-gonçalvense”, pontua o presidente da CDL-BG, Marcos Carbone.

Consumidores buscam comodidade

Com esse horizonte mais positivo pela frente, muitos estabelecimentos aproveitam para oferecer alternativas e promoções que possam atrair a atenção dos clientes. Esse é o caso da Debianchi Ótica, que, neste ano, buscou se aproximar ainda mais do consumidor. Devido ao período com atendimento restrito, a loja implantou a modalidade de televenda a domicílio: o cliente agenda um horário por telefone ou WhatsApp e os atendentes fazem uma visita para apresentar óculos e relógios – que contam com preços promocionais. Esses acessórios, inclusive, figuram na lista dos presentes mais requisitados para o Dia dos Pais desse ano, segundo a pesquisa da CNDL.

Quem também pretende recuperar o movimento perdido é a loja Mundi Calçados. O estabelecimento aposta na divulgação por meio das redes sociais com uma campanha específica para a data.  São oferecidos descontos em variados itens, especialmente para o uso doméstico, como chinelos e pantufas. As compras podem ser retiradas na loja ou entregues em casa de forma gratuita.

Vendas online figuram no topo da lista de preferências

A maior parte do montante que será comercializado neste ano deve ser oriundo das vendas pela internet – conforme a CNDL: 39% dos consumidores realizarão suas compras de forma online, buscando ofertas em sites, aplicativos e redes sociais. Por isso, os comerciantes buscam se adequar à nova realidade para seguir movimentando o caixa. Exemplo disso é a Loja Carllize e Plus.com, que, nesse ano, intensificaram as vendas de roupas por e-commerce dentro do próprio site – indo ao encontro do que quase metade dos consumidores procuram para data (já que as roupas somam 48% nos índices de preferência). Lá, o cliente pode efetuar o pedido e receber o produto em casa. Outra alternativa que cresceu com a pandemia, segundo a loja, foram as vendas condicionais, no qual o cliente leva peças de roupas para provar em casa – já que os estabelecimentos têm ficado boa parte do tempo com as portas fechadas. Vendas por WhatsApp também tem movimentado as vendas.

Back To Top